30 agosto 2017

Chega mais, jornal "Tribuna"!

Sempre achei curioso: há quatro anos eu escrevo para o jornal O Informativo Regional, de Sananduva, e há um ano eu escrevo para o jornal A Folha, de Não-Me-Toque. Já fui colunista de outros jornais e de alguns portais também, mas nunca antes na história de Jana Lauxen eu escrevi para um jornal de Carazinho – cidade onde nasci e onde vivo há quase 15 anos.
Bem que dizem que santo de casa não faz milagre. Ou que, em casa de ferreiro, o espeto é de pau.
Por isso, fico realmente muito feliz em anunciar que sou a mais nova colunista do mais novo jornal desta cidade que chamamos de nossa: o jornal Tribuna, cujo lançamento aconteceu ontem.
O convite veio da amiga e jornalista Jennifer Schmidt Mendez, e eu aceitei no ato! Assim, a cada 15 dias estarei na página 02 do jornal Tribuna dando opiniões que ninguém pediu e metendo meu bedelho em assuntos dos mais variados.
O mais legal é que o Tribuna vem com uma proposta realmente diferente: fazer jornalismo. Esmiuçar as notícias, ir atrás do que acontece. Vocês dirão: mas este é o papel de qualquer jornal, oras bolas! Mas, na prática, sabemos que a maioria das redações de jornais se confunde com seu departamento comercial, e nunca sabemos se o que estamos lendo é notícia ou informe publicitário, fato ou factoide, realidade ou ficção.
O Tribuna quer fazer diferente, e eu quero fazer diferente junto com o Tribuna.
Então só posso agradecer pela oportunidade, pelo espaço, pela confiança em meu trabalho, e dizer que é muito massa finalmente escrever para a cidade onde eu nasci e na qual eu vivo.
Porque santo de casa faz milagre sim, e em casa de ferreiro, o espeto nem sempre é de pau. 
Obrigada, e vida longa ao jornal Tribuna!